Arsenal Modelismo Naval

Fórum para debates sobre navios de guerra de qualquer período com aplicação ao modelismo
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Mais CLAnfs para os Fuzileiros Navais

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Marcus Silva

avatar

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 04/04/2011

MensagemAssunto: Mais CLAnfs para os Fuzileiros Navais   Ter Set 11, 2012 5:09 am

Agência norte-americana notificou Congresso dos EUA sobre possível venda de 26 CLAnfs ao Brasil, via FMS
-
Na terça-feira, 31 de julho, a DSCA (agência norte-americana de cooperação em defesa e segurança) notificou o Congresso dos Estados Unidos sobre uma possível venda, via FMS (vendas militares ao exterior) ao Governo Brasileiro de 26 veículos de assalto anfíbio e equipamentos associados, partes, treinamento e apoio logístico. O valor da venda é estimado em 233 milhões de dólares (cerca de 475 milhões de reais).

A denominação AAV – “Assault Amphibious Vehicle” (veículo de assalto anfíbio) usada nos EUA equivale, no Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil, a CLAnf: Carro sobre Lagarta Anfíbio.

Os AAVs solicitados são da configuração RAM/RS (Reliability, Availability and Maintainability/Rebuild to Standard), o que indica veículos revisados / reconstruídos. A requisição do Governo Brasileiro dos AAVs inclui a modernização da atual frota brasileira para a configuração RAM/RS. Também inclui armas, munição, sobressalentes, equipamentos de apoio, de testes, ferramental, dados técnicos e publicações, assim como outros elementos relacionados de apoio logístico.

Ainda segundo o informe da DSCA, o Brasil vai utilizar esse equipamento para ampliar seu inventário de veículos anfíbios, além de modernizar e reforçar sua capacidade operacional anfíbia.

****FONTE: DSCA

http://www.dsca.mil/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcus Silva

avatar

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 04/04/2011

MensagemAssunto: Re: Mais CLAnfs para os Fuzileiros Navais   Ter Set 11, 2012 5:10 am

CLAnfs em uso atualmente pela MB:

American Armored Assault Amphibian Vehicle Personnel - AAV-7A e AAV-7A1





Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcus Silva

avatar

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 04/04/2011

MensagemAssunto: Re: Mais CLAnfs para os Fuzileiros Navais   Ter Set 11, 2012 5:11 am

O que vem se especulando a respeito dessa nova aquisição e modernização dos ClAnfs já existentes na MB, é que um novo navio para servir de apoio poderá vir a ser adquirido pela MB.
Na MB os CLAnfs operam a partir de NDDs e NDCC, e desses tipos hoje temos em operação o NDD Ceará, com reparo em andamento, do que se espera retorne ao serviço ativo, NDCC "Mattoso Maia", NDCC Almirante Sabóia e NDCC Garcia D'Avila.

Abs: Marcus Silva
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcus Silva

avatar

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 04/04/2011

MensagemAssunto: Re: Mais CLAnfs para os Fuzileiros Navais   Ter Set 11, 2012 5:14 am

Com essa aquisição, o corpo de FN teria:


um total de 22 AAV7A1......... é o CLANF na versão transporte e mais 2 de comando e 2 de socorro= 26 unidades

Então os 26 a adquirir seria a somar nesse outro numero de já existentes, o que seeia um total de 52 CLAnfs.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcus Silva

avatar

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 04/04/2011

MensagemAssunto: Re: Mais CLAnfs para os Fuzileiros Navais   Ter Set 11, 2012 5:16 am

CLAnf versus Piranha.

A aquisição de Piranhas tem um tom diferente dos CLAnf, veja neste texto do autor Mário Roberto Vaz Carneiro:


Piranha III
A aquisição da Viatura Blindada Especial Sobre Rodas Piranha IIIC 8×8 está intimamente ligada à participação dos Fuzileiros Navais na Missão das Nações Unidas para Estabilização no Haiti (MINUSTAH). Para o melhor entendimento desse contexto, destacam-se dois aspectos centrais que merecem ser relembrados: 1) com o intuito de não degradar ainda mais a precária malha viária existente no país, foi decidido que não seriam levadas viaturas sobre lagartas para a Área de Operações; 2) não existiam, naquele momento, viaturas blindadas sobre rodas com sistema de tração 8×8 e dotadas de tecnologia atual, para que fossem comercializadas e fornecidas por qualquer fabricante nacional.
Como os engajamentos na missão ainda eram bastante frequentes, foi identificada a premente necessidade de aquisição de viaturas que proporcionassem segurança à integridade física de nossos combatentes. Dentro desse quadro, em novembro de 2005, teve início o de obtenção de uma Viatura Blindada Sobre Rodas para o CFN, que fosse moderna tecnologicamente, com disponibilidade de rápida entrega, cujo emprego fosse reconhecidamente aprovado por outros países e, principalmente, fosse capaz de atender àquela iminente demanda operacional. Destaca-se que uma obtenção desse porte envolve um minucioso detalhamento dos requisitos operacionais, a observância a dispositivos legais que regem as normas para realização de uma licitação internacional.
Um dos aspectos positivos do CFN poder contar com suas próprias viaturas reside no fato de se terem ampliadas as possibilidades de realização de adestramentos pré-operacionais ainda no Brasil - permitindo a familiarização dos procedimentos tanto da guarnição quanto da tropa embarcada. Anteriormente, recebia-se o apoio de blindados não pertencentes ao inventário do CFN, inclusive de outros países, existindo, muitas vezes, dificuldades para comunicação e adoção de procedimentos padronizados. Tal condição obrigava a freqüente realização de briefings para instruir a tropa como proceder com aquele determinado meio em apoio e também a respectiva guarnição, dispendendo precioso tempo para algumas ações.
Em 2006 foi adquirido à empresa suíça MOWAG, para o CFN, o primeiro lote de viaturas sobre rodas 8×8 Piranha IIIC (quatro VBTP, de transporte de pessoal, e uma de socorro, a um custo de US$8.512.240,00), objetivando seu emprego no Haiti, daí a razão de terem sido entregues com a pintura branca característica dos veículos da ONU. Os primeiros quatro Piranha IIIC foram incorporadas ao BtlBldFuzNav em 20 de agosto de 2007, passando à subordinação temporária da CiaVtrBld. No início do ano de 2008, chegou ao Brasil uma viatura Socorro. Em fevereiro de 2008, as cinco viaturas foram embarcadas para o Haiti, com a finalidade de apoiar o GptOpFuzNav-Haiti na Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (MINUSTAH).
No fechamento dessa matéria, as primeiras 12 viaturas já haviam sido recebidas. As dezoito restantes serão entregues a partir de 2010 (3 a 4 unidades por ano), até 2014. O total final será de 30, que eventualmente comporão a Companhia de Reconhecimento Blindado (CiaReconBld). Esse total será subdividido em 25 da versão TP, duas da versão Socorro, duas da versão Comando e uma da versão Ambulância.
A VtrBldEsp SR Piranha IIIC certamente tem muito mais a oferecer aos Grupamentos Operativos de Fuzileiros Navais perante o amplo espectro de operações em que podem ser empregadas e, possivelmente, quanto mais hostil for o ambiente, mais evidente será o reconhecimento da importância de podermos contar com esse importante meio para a guerra moderna.
Elevar a mobilidade de nossas forças, proporcionar proteção blindada às nossas tropas, ter capacidade para deslocar efetivos rapidamente no interior da Zona de Ação, ter capacidade de transpor cursos d’água, reduzindo as limitações de trafegabilidade, e realizar tarefas de reconhecimento, de segurança e com economia de forças, são valiosas capacidades que tanto contribuem com a aceleração dos ciclos de decisão dos GptOpFuzNav, quanto geram a incerteza nos oponentes, privilegiando vários fundamentos da Guerra de Manobra.
Ratificando a versatilidade das novas viaturas, é digno de destaque o registro de seu emprego também no cenário interno durante o ano de 2008, quando foram utilizadas na Operação Voto Livre, no Rio de Janeiro. As viaturas integraram um GptOpFuzNav que recebeu a tarefa de prover segurança nas áreas designadas pela Justiça Eleitoral (Vila do João, Comunidade do Salgueiro, São Gonçalo e Complexo do Alemão), para garantir a regularidade do processo eleitoral.
Além da guarnição de dois homens (comandante e motorista), a versão de transporte de pessoal pode carregar onze militares armados e equipados. O Piranha IIIC é uma viatura de conceito moderno, e os dos fuzileiros possuem capacidade de utilização noturna, graças ao sistema de visão noturna NAP5-11. Dispõe de recursos como detector de emissões laser (LIRD, Laser Irradiation Detector and Warner); possui um potente sistema de ar condicionado, proporcionando maior conforto à tropa; e seu motor de 400hp proporciona autonomia de 800km e velocidades de até 100km/h em terra e 10 km/h em travessia de pequenos cursos d’água; além de outras possibilidades operacionais. É também equipada com sistema de alerta laser e proteção NBQ (Nuclear, Biológica, Química).
O casco é resistente a tiros de até 12,7mm, desde que disparados a distâncias médias; o carro, entretanto, aceita a aplicação de blindagem adicional nas laterais. O armamento está instalado numa torre aberta, na parte superior da viatura, com escudo blindado contra munição de 7,62mm. Nessa torre é normalmente instalada uma metralhadora M2 de 12,7mm, embora outras armas possam também ser utilizadas. Os leitores podem encontrar informações adicionais nem S&D nº 90, págs. 8-11.
As dimensões, peso, armamento e equipamento de comunicações da variante de Socorro são iguais às da versão de Transporte de Pessoal (inclusive possui também o NAP5-11 e o LIRD). Ela é guarnecida por dois operadores e dois mecânicos. Seu guincho tem tração máxima de 8t, capacidade máxima à frente de 16t capacidade máxima à retaguarda de 7t. Seu guindaste tem capacidade máxima de 3,75t.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcus Silva

avatar

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 04/04/2011

MensagemAssunto: Re: Mais CLAnfs para os Fuzileiros Navais   Ter Set 11, 2012 5:17 am

Até 2008, data em que foram adquiridos mais Piranhas, o total desses veículos era de 30 no CFN.

Leia aqui um pouco mais sobre estes veículos do CFN:

http://www.ecsbdefesa.com.br/d...RANHACFNNOVOLOTE.pdf

Abs: Marcus Silva
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcus Silva

avatar

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 04/04/2011

MensagemAssunto: Re: Mais CLAnfs para os Fuzileiros Navais   Ter Set 11, 2012 5:19 am

O texto que coloquei tinha intuito de mostrar que as aquisições envolvidas, ao comparar Clanfs com os Piranhas, tinha um critério sobre o tipo de rodas. Talvez seja um dos parâmetros a analisar que justifique maior quantidade de um veículo do que de outro.
O veículo Piranha é considerado um anfíbio, e qualificado tbm para várias versões.

Abs: Marcus Silva
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcus Silva

avatar

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 04/04/2011

MensagemAssunto: Re: Mais CLAnfs para os Fuzileiros Navais   Ter Set 11, 2012 5:19 am

SUBEX-REF 2012
No período de 4 a 14 de julho, a Marinha do Brasil realizou uma grande Manobra Operativa na região de Itaóca, na costa sul do Espírito Santo, reunindo cerca de 650 militares e quase 100 viaturas e equipamentos de engenharia. A coordenação da SUBEX-REF 2012 foi do Comando da Tropa de Reforço e envolveu todas as suas unidades subordinadas, como o Batalhão de Viaturas Anfíbias, o Batalhão Logístico de Fuzileiros Navais, o Batalhão de Engenharia de Fuzileiros Navais, a Unidade Médica Expedicionária da Marinha, a Companhia de Apoio ao Desembarque, a Companhia de Polícia e a própria Base de Fuzileiros Navais da Ilha das Flores. O importante evento do calendário operativo do Corpo de Fuzileiros Navais teve como propósito adestrar a TrRef no provimento do apoio logístico e do apoio em movimento aos Grupamentos Operativos de Fuzileiros Navais formados no âmbito da Força de Fuzileiros da Esquadra.

Veja matéria no link:

http://www.tecnodefesa.com.br/materia.php?materia=305

Abs: Marcus Silva
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcus Silva

avatar

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 04/04/2011

MensagemAssunto: Re: Mais CLAnfs para os Fuzileiros Navais   Ter Set 11, 2012 5:20 am

O ano de aquisição dos primeiros CLAnfs foi 1985, mas por referencias diz-se terem chegado ao Brasil em 1986, o primeiro lote de 12 unidades.

Os CLAnfs são os meios do Batalhão de Viaturas Anfíbias, que é uma unidade da Marinha do Brasil, e tem por missão:

-contribuir para o desembarque das tropas de assalto;
-prover proteção blindada no mar e em terra;
-apoiar pelo fogo com as suas armas orgânicas; e
-ampliar a mobilidade e a capacidade de comando, controle e comunicações dos Grupamentos Operacionais de Fuzileiros Navais.

Abs: Marcus Silva
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcus Silva

avatar

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 04/04/2011

MensagemAssunto: Re: Mais CLAnfs para os Fuzileiros Navais   Ter Set 11, 2012 5:21 am

Um CLANF do Batalhão Anfíbio utilizando o kit adicional de blindagem reativa:



Este kit de blindagem é o referido Enhanced Applique Armor Kits (EAAK).
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcus Silva

avatar

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 04/04/2011

MensagemAssunto: Re: Mais CLAnfs para os Fuzileiros Navais   Ter Set 11, 2012 5:21 am

Adiante aponto alguns kits escala 1/35 que podem servir de base para retratar os CLAnfs da MB, devendo avaliar se há alterações a fazer, de acordo com as características dos blindados brasileiros:








Kit de conversão com EAAK:






No caso dos CLAnf, partindo dos kits da Hobby Boss, ao menos em uma primeira avaliação, não é preciso nenhuma alteração, montando direto da caixa, exceto se for fazer a versão de comando.


Abs: Marcus Silva


Última edição por Marcus Silva em Ter Set 11, 2012 5:52 am, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcus Silva

avatar

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 04/04/2011

MensagemAssunto: Re: Mais CLAnfs para os Fuzileiros Navais   Ter Set 11, 2012 5:29 am

Veja diferenças nos dois tipos de veículos brasleiros





Na foto de baixo, é visível que se pode fixar as placas de EAAK.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcus Silva

avatar

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 04/04/2011

MensagemAssunto: Re: Mais CLAnfs para os Fuzileiros Navais   Ter Set 11, 2012 5:32 am

O colega Alexandre Batista tem esta seção de fotos no site da APRJ:

http://www.aprj.com.br/artigos/artigo19.html

Outras fotos no site Alide:

http://www.alide.com.br/walkarounds/CLAnf/index.htm

Esse vídeo mostra um pouco de operação de CLAnfs com o NDCC "Mattoso Maia":

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcus Silva

avatar

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 04/04/2011

MensagemAssunto: Re: Mais CLAnfs para os Fuzileiros Navais   Ter Set 11, 2012 6:01 am

Sugestão de pintura de kits dos CLAnfs brasileiros, a partir do ano de 2001:



Verde Pantanal: Dark Green Tamiya XF61 (tendo o Olive Green como opção!)
Verde Mangue: Humbrol 150
Marrom Musgo: Red Brown Tamiya XF64
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Mais CLAnfs para os Fuzileiros Navais   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Mais CLAnfs para os Fuzileiros Navais
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Loja Toy Biz
» Os 100 sobrenomes japoneses mais populares
» [Vendas] - Prmoção, 90% de satisfação ou o dinheiro de volta - Custon PB´sem gesso e/ou resina, Stand para cavaleiros de ouro, Estátua de Athena e Trono do Poseidon (fotos disponíveis)
» Ferrari 250 Califórnia uma filha muito querida !!!!!
» [Imagens] Armadura Fake de Sagitário.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Arsenal Modelismo Naval :: Marinha do Brasil - Navios-
Ir para: