Arsenal Modelismo Naval

Fórum para debates sobre navios de guerra de qualquer período com aplicação ao modelismo
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Quadro de Navio da Marinha do Brasil no ano de 2012

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Marcus Silva

avatar

Mensagens : 994
Data de inscrição : 04/04/2011

MensagemAssunto: Quadro de Navio da Marinha do Brasil no ano de 2012   Qua Ago 15, 2012 12:56 am

Apresento esse quadro de navios da MB:




Originalmente ele é de 2005, mas eu editei algumas baixas, e cito alguma adições, que a MB incorporou entre 2005 e 2012, e dessa forma teremos a listagem atualizada dos navios da Marinha do Brtasil:

- 1 Navio-Patrulha "Amazonas"
- 1 Navio-Patrulha "Macaé".
- 1 Navio Patrulha "Macau".
- 1 Navio de Apoio Oceanográfico "Almirante Maximiano"
- 1 Navio Hidrográfico "Cruzeiro do Sul"

*** Adicione tbm a corveta "Solimões", classe Imperial Marinheiro, na seção de Museus, pq este navio deu baixa e foi preservado como museu.

- Aviso de Patrulha classe Marlin: 4 unidades incorporadas a partir de 2007:
LP-01 - Marlim
LP-02 - Barracuda
LP-03 - Dourado
LP-04 - Albacora

- 1 Aviso de Pesquisa "Almirante Moura"
- 1 Navio de Assistência Hospitalar “Tenente Maximiano"

-1 NDCC ( Navio de Desembarque de carros de Combate ) "Garcia D’Avila".
- 1 NDCC "Almirante Sabóia".

Peço desconsiderar tbm as informações sobre quantidades de aeronaves, apesar de que está correto os tipos.
Na relação consta descrição de aeronaves Super Puma, mas na realidade elas são um conjunto de Cougar e Super Puma, que acredita-se sejam 7 constantes do inventário, e recebemos em 2011 uma aeronave Super Cougar EC725 que ampliou o quadro de unidades do 2º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral.


Qq erro na listagem eu peço desculpas aos colegas, mas fiz um esforço de pesquisa para levantar esssas adições e baixas, mas se houver alguma incorreção, apontem por favor.

Marcus Silva
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcus Silva

avatar

Mensagens : 994
Data de inscrição : 04/04/2011

MensagemAssunto: Re: Quadro de Navio da Marinha do Brasil no ano de 2012   Qua Ago 15, 2012 12:59 am

Os aviões para COD/REVO ( operaçao a bordo do Nae "São Paulo) são C-1A Trader, e não S-2 Tracker. 8 unidades foram adquiridas. Há estudos para modernizar 6 unidades apenas, ficando duas como fornecedor de peças.
Para função AEW outro tipo de avião seria avaliado. As fontes são bastante ambíguas com relação a estas informações.



DIRETORIA DE AERONÁUTICA DA MARINHA
EXTRATO DE CONTRATO Nº 1

Carta de Oferta e Aceite BR-P-SDI
Processo:NUP 63003.000415/2010-53; Objeto: Aquisição de 08 (oito) células de aeronaves C1-A Enquadramento: Decreto nº 3.831, de 1º de Junho de 2001; Partes: Acordo por Troca de Notas celebrado entre o Governo da República Federativa do Brasil e o Governo dos Estados Unidos da América. Valor: U$ 234.806,00 Vigência:
06/08/2010; Assinatura 06/08/2010. CA DILERMANDO RIBEIRO LIMA Adido Naval nos Estados Unidos da América e no Canadá.
EXTRATO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº 1
Carta de Oferta e Aceite BR-P-SDI Processo:NUP 63003.000415/2010-53; Objeto: Aquisição de 08 (oito) células de aeronaves C1-A Enquadramento: Decreto nº 3.831, de 1º de Junho de 2001; Partes: Acordo por Troca de Notas celebrado entre
o Governo da República Federativa do Brasil e o Governo dos Estados
Unidos da América. Valor: US$ 234.806,00.Vigência: 16/07/2010 ;Assinatura 16/07/2010. S CA DILERMANDO RIBEIRO LIMA Adido Naval nos Estados Unidos da América e no Canadá.

EXTRATOS DE INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO
TCAL Nº 63003000194/2010-13; Objeto: Transporte de oito células de aeronaves C-1 A TRADER adquiridas junto ao Governo dos Estados Unidos da América por meio do programa FOREIGN MILITARY SALES -FMS CASE; Enquadramento: Caput do Art. 25, I
da Lei 8.666/1993; Justificativa:; Valor: U$ 99.969,00 (Noventa e nove mil, novecentos e sessenta e nove dólares americanos)DAT 11/03/2010. CMG RÔMULO BRANDÃO MAIA – Ordenador de Despesas. Ratificação: 11/03/2010 por CA NELSON GARRONE
PALMA VELLOSO – Diretor de Aeronáutica da Marinha

TCAL Nº 63003000238/2010-13; Objeto: Aquisição de cinquenta e seis capacetes de voo Enquadramento: Caput do Art. 25, I da Lei 8.666/1993; Justificativa:; Valor: U$ 99.512,00 (Noventa e nove mil, quinhentos e doze dólares americanos)DAT 24/03/2010. CMG RÔMULO BRANDÃO MAIA – Ordenador de Despesas Ratificação:
24/03/2010 por CA NELSON GARRONE PALMA VELLOSO – Diretor
de Aeronáutica da Marinha
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcus Silva

avatar

Mensagens : 994
Data de inscrição : 04/04/2011

MensagemAssunto: Re: Quadro de Navio da Marinha do Brasil no ano de 2012   Qua Ago 15, 2012 1:00 am

Os aviões A-4KU Skyhawk/AF-1 não são mais em 20 unidades.

Veja pelos menos como um deles foi malbaratado:



Outro é usado como manejo a bordo do Nae "São Paulo", que deve estar desmotorizado, e sem manutenção de mecânica..... mas vale apontar o número de 9 unidades que serão modernizados pela Embraer a um padrão de AF-1M e tbm os 3 AF-1AM, ficando demais para alguma função de fornecimento de sobressalentes ou outro fim.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcus Silva

avatar

Mensagens : 994
Data de inscrição : 04/04/2011

MensagemAssunto: Re: Quadro de Navio da Marinha do Brasil no ano de 2012   Qua Ago 15, 2012 1:00 am

Pelas fontes que tenho, as aeronaves UH-14 está contando com apenas 7 helicópteros, entre Cougars e Super Pumas. Uma aeronave UH-15 já foi recebida.

O esquadrão HS-1 teria com relevância tbm apenas duas unidades de helicópteros SH-3, o e HA-1 11 unidades, porém com apenas 4 unidades em condições de vôo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcus Silva

avatar

Mensagens : 994
Data de inscrição : 04/04/2011

MensagemAssunto: Re: Quadro de Navio da Marinha do Brasil no ano de 2012   Qua Ago 15, 2012 1:03 am

10 de Julho de 2012

1. Existe apenas uma aeronave Skyhawk em condições de vôo: acredito ser um AF-1. Os demais estão no chão. esse único em condições de vôo eu tenho visto passar ao longe nos céus de São Pedro da Aldeia.
2. Do HA-1, somente 4 em condições de vôo, uma quinta unidade vai ser posta em condições de operar,e dessas 5 uma sexta vai receber um FLIR e são estas a que se refere uma modernização. As 5 demais estão encostadas.
3. Dos 2 SH-3 em condições de poder voar, apenas 1 está operando.
4. Não tenho dados sobres Esquilos e Bell Jet Ranger dos outros esquadrões.

Sim, a situação vai de mal a pior. Mas a culpa é uma só: Brasília não quer investir nas questões de Defesa do país. Os equipamentos das Forças Armadas são precários, mal armados, veja o caso dos Navios Patrulha Oceânicos recém adquiridos ( classe Amazonas ), um navio de 100 metros de comprimento armado com um canhão de 30 mm. Isso é força de dissuasão que se apresente?

Vamos voltar a citar um dos helicópteros Sea King , que pode fazer frente a ataques anti-superfície: como lançar mísseis Exocet AM-39 se a motorização do míssil está vencida?
E os demais mísseis Exocet MM-40 para os navios, tbm que me constem, todos estão sem condições de uso com relação a ataques de superfície, pq perderam tbm a validação dos motores. Apesar de que existem planos para a remotorização destes, com um motor desenvolvido no Brasil, e já testado em lançamento real a partir da Corveta "Barroso", o míssil é do tipo Block II, tem alcance de apenas 70km, contra os 150kms da versão mais moderna do Exocet, o Block III, que não possuímos. Mas os testes com motor foram para um protótipo, e a pergunta que fica é quando todo o inventário de Exocets será revalidado para uso real? Este míssil já é dito ultrapassado e sem condições de uso eficiente em combate na atualidade. E a nível de América Latina, tbm estamos mal porque até o Peru tem mísseis Exocet Block III a operar a partir de suas fragatas Lupo.

E por aí vão nossos problemas com Defesa......
Por enquanto podemos dizer que o Brasil conta com sorte, e que desse raciocínio se espera que nenhum "bandido" pule o "muro".
Some-se a isso a má remuneração dos militares, o que gera insatisfação,falta de motivação e abatimento do moral da tropa. O que esperar desse caldeirão?

Veja uma outra restrição de nossa Marinha: as fragatas classe Greenhalgh, navios de 4000 toneladas de deslocamento, não tem capacidade de oposição contra outros navios, por falta de mísseis, e não tem instalado um canhão de duplo emprego........ estes navios foram providos com canhões Bofors de 40mm, mas que não são integrados ao sistema de combate de bordo, funcionando sem sistema de estabilização e direção de tiro......


Abs: Marcus Silva
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcus Silva

avatar

Mensagens : 994
Data de inscrição : 04/04/2011

MensagemAssunto: Re: Quadro de Navio da Marinha do Brasil no ano de 2012   Qua Ago 15, 2012 1:05 am

A revitalização ( e não modernização...) das fragatas Greenhalgh Type 22 compreendem:

Revisão/Substituição MCA
Revisão Sist. Máq. Aux
Revisão Grupo destilat.
Instalação Exocet MM-40
Revisão Sist. Propulsão
Revisão Caldeira
Revisão Cpu DBA e DBB
Substituição Compres. BxP
Revisão Cpu DBC/MAC
Revisão Radar 967
Revisão Radar 968
Revisão Radar DT 610
Revisão SONAR 2050
IFF
MAGE


Não tenho informação de quando isso será concluído/efetivado.

Abs: Macus Silva
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Quadro de Navio da Marinha do Brasil no ano de 2012   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Quadro de Navio da Marinha do Brasil no ano de 2012
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» DH 82 Tiger Moth - Marinha do Brasil ( 1933-1941)
» Monitor Fluvial Paraguassú - Marinha do Brasil - Esc 1:50
» Viação Aérea Brasil SA (VIABRAS)
» Oi porque o cloth myth brasil está off ?
» DC Comics 75 anos: Batmóvel no Brasil!!!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Arsenal Modelismo Naval :: Marinha do Brasil - Navios-
Ir para: